sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Avalanche



Como eu posso dizer , de tudo o que passou?
Como eu posso dizer , de quem um dia te amou,
Uma avalanche de sentimentos, que veio em um momento errado,
Um momento em que tudo o que eu pensava era você,
Estou vivendo mudanças , essa avalanche , que mistura tudo o que vê
Que arrasta tudo o que tem pela frente, que acaba sendo gelada
Que acaba sendo fria, ela não pensa, ela não quer saber do que tem pela frente,
Ela apenas arrasta e destrói tudo.

Esse não é o sentimento que eu quero pra mim,
Eu apenas fui obrigado a ser assim,
Não sei se vou sofrer, se vou me arrepender, não escolhi ser frio
O mundo me ensinou ser assim , vivemos aprendendo
E a cada lição nova, um aprendizado melhor.

Sempre sofri por ser tão sentimental, sempre vivi ,
Sempre acabei no fundo do poço,
Desisti dessa vida, reformulei uma nova,
O que me importa agora, é saber se vai da certo,
Todos os jeitos que eu já tentei para viver, acabaram dando errado,
A gente vive aprendendo,

E essa avalanche me arrastou junto com ela,
Me levou para um lugar mais sombrio,
E acabou mudando a minha vida, seja qual for esses sentimentos passados
Eles vão morrer, e eu vou continuar a viver, a minha vida pacata,
De uma pessoa que não mais vai sofrer,
Pelas outras pessoas, que não merecem o seu sofrimento,
Não merecem nenhuma lagrima derramada, e muito menos,
Um gesto de amor

5 comentários:

  1. Adorei o final deste post =D

    Toques meio melancólicos em suas frases e sempre me lembra umas músicas do fresno, claro q em suas interpretações!! Acho q vou ficar viciada em ficar lendo o seu blog!!

    Até agora está muito bom!

    ResponderExcluir
  2. que bom que você gostou, espero estar agradando a todos que lêem o blog,

    obg!

    ResponderExcluir
  3. muito lindo, profundo... esta de parabens gostei muito!

    ResponderExcluir
  4. Ameii o textoo.princiipalmente o finall! *-*

    ResponderExcluir