domingo, 26 de dezembro de 2010

Impossível entender.

Por mais que eu queira te ter,
Fica mais difícil entender,
Se é amor ou apenas paixão,
Ou apenas a dor que machuca o meu coração.

Vejo em seus olhos , o reflexo de tudo o que eu sonhei
O reflexo de tudo que um dia eu quis pra mim,
Mais não foi bem assim,
O que eu mais queria , foi tirado de mim.

Não pode ser assim, ser feliz,
Só depende de mim,
E podia ser simples assim,
Ser feliz, buscar a felicidade,
E um amor de verdade,
Parece que não foi feito pra mim.

Volto a dizer,
Por mais que eu queira te ter,
É impossível entender,
Meu amor, virou ódio ou paixão?
Sei que machucou meu coração,
Escorrendo sangue, de tanta dor,
Onde no final,
Acabou com todo o meu amor.

8 comentários:

  1. Talvez não tenha acabado com o amor, apenas o congelou e a raiva ficou no lugar por conta de toda dor.
    Amei seu poema, muito lindo.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. que lindo, é chorável ;/ , parabéns, escreves muito bem .

    ResponderExcluir
  3. - nossa, ótimo poema, adorei. meus parabens, beeeijos ;@@@

    ResponderExcluir
  4. Só passando para avisar que tem um selinho lá no blog, e uma mensagem de ano Novo adiantado. Beijos, um prospero ano novo! Se cuida.

    http://vouvivendoavidalevemente.blogspot.com/2010/12/papai-noel-deixou-meu-presente-de-natal.html

    ResponderExcluir
  5. amores de verdade nunca acabam , apenas adormecem •

    ResponderExcluir
  6. É estranho quando isso acontece, você tá totalmente apaixonado, e a pessoa te magoa e depois de um tempo, você começa a odiá-la. Isso sempre acontece comigo. Mas eu tento evitar certos sentimentos ruins, como o ódio.
    Adorei teus textos. Parecem mais poemas *-*
    Parabéns!

    ResponderExcluir