segunda-feira, 13 de junho de 2011

como se não fosse eu

Aquela vez que te encontrei,
Me senti como se não fosse eu,
Vivendo de braços abertos para o mundo
E a cada segundo,
Tudo ficava mais vivo,
Como se não fosse eu,
Como se não fosse minha historia,
Vivi aquele dia,
Como se nunca fosse acabar.

O meu maior erro,
Desde o começo,
Foi colocar na cabeça que eu quero você
Apenas você,
Mas todos erramos,
E esse é o meu maior erro.
Pensar que ia da certo,
Nada é certo,
O futuro é incerto.

Te querer me deixou assim,
Sem ter o que rimar,
Sem ter o que falar,
Me deixou mudo, sem reação.
Te vejo e não sei o que mostrar,
O quanto eu te amo,
Ou o quanto estou perdido sem você.

Te querer foi um erro,
Erro que eu eis de concertar,
Esse é o erro de te amar,
Esse é o único erro.
Vivi esses momentos ,
Como se não fosse eu,
Esse é o verdadeiro eu.

4 comentários:

  1. ótimo poema! a foto também está muito legal, cara!
    arrebentando como sempre, não é?

    abração!

    ResponderExcluir
  2. Italo, tento sempre fazer o meu melhor né, RSRS, que bom que gostou, obg
    abração.

    Grabriela obg >< rs
    bjs

    ResponderExcluir
  3. perfeito você é um gênio...
    by:http://lolamantovani.blogspot.com/
    http://coisinhasdalola.blogspot.com/

    ResponderExcluir